---------------------

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Filho de feirante é assassinado com seis tiros na porta de Igreja matriz Santa Rita



Rafael Maximiano de Freitas 24 anos, que residi na 1º de maio no Bairro da Santa Cruz no alto da popular em Santa Rita, foi alvejado por seis tiros de revólver por um motoqueiro não identificado por volta das 21hs30, na noite de domingo, quando se preparava para dormi na igreja Matriz de Santa Rita de Cássia localizada na Praça Getúlio Vargas no centro da cidade.


 Rafael Maximiano de Freitas é filho do feirante de feijão conhecido por Cueca, junto ao corpo de Rafael encontravam uma garrafa de refrigerante e duas sacolas uma comida e outra com uma camisa, tudo indicam que a vítima iria madrugar naquele local, que é de costume os moradores de rua dormi naquele na igreja.

De acordo com informações das pessoas que estavam no local do após o crime disseram que o Rafael tinha envolvimento com o tráfico de drogas e teria participado de um assassinato de um rapaz filho de outro feirante conhecido por Zito Limão no ano passado.

Segundo informações dos policiais do Sétimo Batalhão que esteve no local pra fazer o procedimento disse que o crime foi cometido por motoqueiro e disparou seis tiros sem que a vítima esboçasse uma reação e saiu com destino ignorado. O delegado esteve no local para abrir um inquérito e investigar a causa do crime e supostamente seria um acerto de contas .

O crime chamou a atenção de muitos populares na Getúlio Vargas, haja vista, que fato dessa natureza jamais acontecido na porta da igreja matriz, populares que estavam no local que mora na comunidade da vítima disseram que Rafael já foi preso por furto e roubo, que tinha participado de um assassinato de um rapaz e que já tirou cadeia, que no momento estava morando em Várzea Nova e estava dormindo na terminal de estação rodoviária  e que estava jurado de morte, finalizou.  
  
 

FONTE: Lamartine do Vale

Sem comentários:

Publicar um comentário