---------------------

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Polícia detém dois adolescentes suspeitos de atirar em escola de Santa Rita-PB

Polícia Militar deteve dois suspeitos na manhã desta quinta-feira.
Segurança vai promover entrevista coletiva para falar sobre o caso.

Polícia Militar conduziu os suspeitos até a escola em busca da arma usada (Foto: Walter Paparazzo/G1 PB)
Dois adolescentes foram detidos na manhã desta quinta-feira (12) suspeitos de participar do tiroteio em escola de Santa Rita, na Grande João Pessoa na tarde da quarta-feira. De acordo com a assessoria da Secretaria de Segurança da Paraíba, os dois serão levados para o Núcleo de Homicídios de Santa Rita, onde serão ouvido pelo delegado Luís Cotrim.

Ainda de acordo com a assessoria, uma entrevista coletiva acontecerá na tarde desta quinta-feira e o delegado falará sobre as apreensões e sobre o andamento do inquérito. Nenhuma informação sobre os suspeitos foi antecipada à imprensa.
De acordo com o sargento Adilson, do 7º Batalhão da Polícia Militar, o adolescente de 16 anos, principal suspeito de ser o atirador, foi detido no conjunto Marcos Moura, em Santa Rita. Com ele, a polícia apreendeu seis cápsulas dos tiros disparados durante o ataque.
Um outro adolescente, este com 13 anos de idade, foi detido no bairro Alto das Populares, também em Santa Rita. Os dois foram levados para a escola em uma nova busca pela arma do crime. Ainda assim, arma do crime não foi encontrada.
Na tarde da quarta-feira (11) dois rapazes entraram fardados na escola estadual Enéas Carvalho, em Santa Rita, e um deles disparou seis tiros. Três estudantes do 7º ano ficaram feridos e tiveram que ser levados para hospitais.
Escola Estadual Enéas Carvalho em Santa Rita Paraíba (Foto: Inaê Teles/G1)Escola Estadual Enéas Carvalho em Santa Rita
(Foto: Inaê Teles/G1)
De acordo com a polícia, o alvo dos criminosos era um adolescente de 15 anos. As outras duas alunas foram atingidas por estarem perto do alvo. O garoto foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e, após passar por exames, recebeu alta por volta das 20h da quarta.
As outras duas vítimas foram encaminhadas ao Hospital e Maternidade Flávio Ribeiro Coutinho, em Santa Rita, onde receberam os primeiros atendimentos. Uma delas teve ferimentos superficiais no pé e foi logo liberada.
A outra, de 17 anos, baleada no braço, foi posteriormente levada ao Trauma e, de acordo com a assessoria da unidade, passou por cirurgia e segue internada apresentando quadro de saúde regular.

Sem comentários:

Publicar um comentário