---------------------

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Dona de casa espera 40 minutos pelo Samu e morre sem atendimento antes de chegar a hospital


A família da dona de casa Maria das Graças Guedes, de 35 anos, esta denunciando o atendimento do Samu de negligência. A dona de casa morreu quando era levada para o Hospital de Emergência e Trauma num carro particular, depois de ter esperado por  socorro durante cerca de 40 minutos.
O marido de Maria das Graças, Antônio Guedes, contou que por volta das 23 horas da terça-feira (dia 3), Maria das Graças começou a passar mal e eles ligaram para o número de atendimento do pedindo socorro.

O atendente perguntou o que ela estava passando mal e eles foram orientados a dar uma garapa de açúcar e esperar para ver a reação dela. Como a dona de casa não reagia e eles já haviam feito vários contatos com o Samu sem ter uma resposta e depois dela ficar sentada numa cadeira por cerca de 40 minutos, os vizinhos conseguiram um carro e levaram a doméstica para o Trauma.
Antônio Guedes disse que antes de chegar no hospital Maria das Graças morreu e a suspeita deles é que ela pode ter sofrido um infarto. Até às 14h30 da tarde desta quarta-feira (dia 4), o corpo se encontrava no Serviço de Verificação de óbito para fazer o exame de autopcia e para definir a causa da morte.
Maria das Graças morava na comunidade do Baralho, em Bayuex e tinha cinco menores. A família é pobre e ainda não sabe o que fazer.
A cobertura desse fato vai ser exibida nesta quinta feira nos tele jornais da TV Arapuan, numa reportagem do repórter Washington Luiz, que procurou a coordenação do Samu que preferiu só se pronunciar sobre o caso depois de apurar para saber o que aconteceu.


FONTE: Jonas Batista/Washington Luiz

Sem comentários:

Publicar um comentário